O Caminho de Santa Paulina é um trajeto turístico religioso que tem levado muitos peregrinos a percorrerem mais de 60 quilômetros a pé em meio à natureza. O percurso inicia em Camboriú, na Casa Pastoral de Camboriú, no Litoral Norte, e vai até Nova Trento, no Santuário Santa Paulina, na Grande Florianópolis. O caminho surgiu inspirado no Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, e segue o trajeto feito pela própria Santa Paulina – primeira santa canonizada brasileira.

Viagem de Santa Paulina para Camboriú

A ideia da criação da rota veio de anos de estudos e se baseou em uma descoberta histórica. O historiador Isaque de Borba Corrêa descobriu uma ata do ano de 1899 que continha o registro da vinda de religiosos e uma banda musical de Nova Trento para uma festa de inauguração em uma Igreja Matriz em Camboriú. Entre esses religiosos estava Madre Paulina, ainda jovem.

Segundo a ata, Santa Paulina percorreu o trajeto em um carro de boi, porém a romaria teve grandes dificuldades até chegar a Camboriú. As estradas eram de péssimas condições e ainda houve uma tempestade. O carro de boi virou e os religiosos tiveram que encerrar o caminho a pé, chegando enlameados.

Como é o Caminho de Santa Paulina

A rota tem saída em Camboriú e passa pela área rural das cidades de Tijucas, Canelinha, São João Batista e Nova Trento. A peregrinação passa por uma estrada muito antiga do início do século XIX, boa parte em meio a Mata Atlântica. Pelo percurso, você pode ver cachoeiras, pássaros e pequenos animais silvestres, antigas plantações de fumo com suas estufas tradicionais, bicas de água e muito mais. Tudo isso torna esse roteiro muito atrativo, cultural e espiritual.

O caminho é dividido da seguinte forma: primeiro há um pequeno trecho urbano do Centro de Camboriú até chegar na área rural da cidade. Após esse ponto 100% do caminho é em área rural, sendo que há dois trechos, um na chegada e outro no fim, que são totalmente dentro da mata. Há trechos que passam pelas comunidades rurais agrícolas, que abandonaram a produção de fumo e hoje se dedicam à plantação de frutas. No final do percurso, ainda há o trecho dos vinhedos, onde os mais antigos e tradicionais colonos de Nova Trento produziam vinhos.

A cada quatro quilômetros, há um ponto de apoio. São restaurantes e pousadas que oferecem água, descanso, local para alimentação e produtos a venda que são produzidos no próprio local. Um desses pontos é a Fazenda dos Caetés, que conta com a opção de hospedagem para aqueles peregrinos que quiserem passar a noite. Para guiar os peregrinos, todo o caminho conta com placas de sinalização.

Gruta de Santa Paulina

Um dos pontos obrigatórios de parada para os peregrinos é a recém inaugurada Gruta de Santa Paulina. A Gruta está localizada na Estrada Geral dos Caetés, próxima da Fazenda dos Caetés, em Camboriú. Um ótimo lugar para iniciar com as orações ou para descansar e apreciar a beleza da gruta. Confira abaixo as fotos da inauguração, que aconteceu no dia 18 de outubro de 2019.

Atualmente, o Caminho de Santa Paulina conta com o apoio dos municípios envolvidos, Camboriú e Nova Trento, e do Santuário da Santa Paulina. Ele também está sendo reconhecido pelo Governo Estadual como mais um roteiro oficial turístico de Santa Catarina. Além dessa atração, Camboriú ainda conta com outras opções de ecoturismo, confira e venha aproveitar tudo que a natureza pode te oferecer. Aproveite e hospede-se na Fazenda dos Caetés.